Mercado

Acordo entre Mercosul e EU dá às empresas europeias um mercado de 260 milhões de consumidores

 

O acordo permitirá suprimir cerca de 4 bilhões em impostos, que beneficiarão sobretudo a indústria automobilística, de máquinas, química ou farmacêutica.

 

A União Europeia conseguiu fechar com os países de Mercosul (Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai) um ambicioso acordo comercial que dará acesso às empresas europeias a um mercado de 260 milhões de consumidores, segundo confirmaram fontes comunitárias.

Com o pacto, que levou quase duas décadas de negociações, a UE se reivindica como bastião do livre comércio em uma época marcada pelas políticas protecionistas dos Estados Unidos e Chinesa.

O acordo permitirá às empresas europeias suprimir inesperadamente cerca de 4 bilhões em impostos, que beneficiarão sobretudo a indústria automobilística, de máquinas, química ou farmacêutica. A mudança dará impulso às exportações sobretudo de produtos agrícolas e pecuárias, dos países de Mercosul a Europa. E de passagem, permitirá à atual Comissão encarar outros acordos depois de ter avançado também as negociações com Canadá e Japão.

As exportações do Mercosul à UE alcançaram os 42,6 bilhões de euros em 2018, enquanto em sentido contrário chegaram a 45 bilhões de euros. Praticamente a metade do comércio a partir do Mercosul corresponde à agricultura e pecuária, enquanto no caso da UE esses produtos mal supõem o 5% das vendas.

 

Leia também: Point S lança nova versão do pneu All Season

Leia também: Como escolher o pneu certo ao customizar a moto?

 

Fonte: Primeira Página com informações do El País.

Redes Sociais