Mercado

Calçados de couro x sustentáveis: estudo avalia interesse do consumidor

Na média, os entrevistados afirmaram que pagariam até 25% a mais por um produto em couro, porém com processo de fabricação ecologicamente correto.

 

Os calçados de couro estão cada vez mais presentes na decisão de compra dos consumidores. É o que indica o estudo lançado pelo IEMI - Inteligência de Mercado, o qual demonstra que 25% dos brasileiros adquiriram o item em sua última compra. Destes, 55% (ou 14% do total) afirmam que o fato de o calçado ser de couro teve um peso relevante na escolha.

A pesquisa avaliou o interesse no consumo de calçados de couro e de calçados sustentáveis. Ao todo, foram entrevistados 1.250 consumidores acima de 18 anos e de todos os poderes de compra e regiões do País.

A análise foi dividida em duas partes: a demanda por calçados de couro e o interesse por calçados sustentáveis (que geram menos perdas, que sejam recicláveis ou mais duráveis e que seus processos de produção consumam menos água ou energia ou utilizem menos substâncias prejudiciais ou tóxicas).

De acordo com o estudo, embora os consumidores utilizem os calçados em couro, eles vêm demonstrando um interesse cada vez maior por empresas que seguem práticas responsáveis e sustentáveis e que ainda há muito espaço para crescer nesse mercado. 

Com relação ao calçado sustentável, 45% dos consumidores acreditam ter adquirido um produto com essa característica em sua última compra. Dentro deste grupo, 42% (ou 19% do total) afirmam que a sustentabilidade foi um fator muito relevante à escolha no momento da compra.

De todos os participantes, 65% dos consumidores pagariam mais por um calçado de couro e 58% estariam dispostos a pagar mais por um calçado sustentável. Na média, os entrevistados afirmaram que pagariam até 25% a mais por um produto de couro e, ao mesmo tempo, sustentável, ou seja, de um fabricante ecologicamente responsável.

 

Leia também: Série de podcasts fala sobre negócios, empreendedorismo e inovação

 

Leia também: Crocs é alternativa para a tendência VSCO

 

 

Fonte: Primeira Página

 

 

Redes Sociais