Notícias


Publicado em:
10
12/2018

Serasa Experian alerta que 40% dos sites brasileiros não estão seguros

Criminosos aproveitam a data para roubar dados e realizar fraudes. Serasa lista dicas para os lojistas estarem atentos ao assunto.



Metatags: Natal, Varejo, Serasa Experian, Serasa, Fraude, Compra online, Roubo de dados
Divulgação

A BigData Corp, a pedido da Serasa Experian, realizou um mapeamento da internet brasileira. O resultado aponta que cerca de 40,10% dos sites brasileiros não estão seguros, o que representa um total de 7,2 milhões de endereços.

De acordo com Maurício Balassiano, diretor de Certificação Digital da Serasa Experian, estes sites não possuem o certificado de segurança (SSL – Secure Socket Layer), que promove uma conexão segura utilizando a criptografia entre o servidor e os dados trafegados, o que evita o roubo de dados durante a transação.

“Para tornar o ambiente mais seguro, criou-se a tecnologia do Certificado Digital de Servidor SSL, que garante aos visitantes, usuários e clientes do site a troca segura de informações, sem os riscos dos dados trafegados serem interceptados ou alterados”, diz Balassiano.

Dicas Serasa Experian para Lojistas:
– Além de possuir uma loja virtual atrativa visualmente, é importante que se ofereça todas as garantias para que o consumidor se sinta seguro para colocar seus dados e efetivar a compra.
– Seu site possui certificado de segurança? Para verificar, basta checar se o http do endereço vem acompanhado de um “s” no final (https);
– A responsabilidade por guardar esses dados de forma sigilosa é sua e você tem a obrigação de investir em um Certificado Digital de Servidor SSL.
– O seu cliente pode fazer cadastros de forma segura em seu site? Uma falha nesse sentido pode representar indicações ruins em sites de reputação, reclamações e direitos do consumidor;
– Recomende aos seus consumidores usarem senhas fortes e que jamais passem esses dados de login e senha para outras pessoas;
– O e-mail marketing é uma boa forma de atrair consumidores para sua loja virtual. Procure oferecer informações verídicas sobre produtos e promoções, isso aumenta sua credibilidade;
– Mantenha informações precisas sobre preço, condições, valor de frete e tempo para entrega;
– A rapidez de sua loja no quesito busca precisa ser bem eficiente. O consumidor não gosta de perder tempo ou ter informações imprecisas.

Fonte: Primeira Página com informações da assessoria de imprensa da Serasa Experian.


Últimas notícias

Alto custo do frete é desafio para e-commerce

Estudo de Propensão ao Consumo da SAP aponta que custo da entrega é responsável por 70% do abandono da compra no carrinho.
Leia Mais

Proteja seu e-commerce de fraudadores internacionais

Atenção a países de risco, suspeitar de endereços de IP e desconfiar de compras incomuns em larga escala estão entre as dicas.
Leia Mais

Feira calçadista na Itália gera mais de US$ 7 milhões em negócios para o Brasil

As 44 marcas verde-amarelas presentes comercializaram 431,3 mil pares de calçados. A expectativa para os próximos meses é que as negociações ultrapassem os US$ 20 milhões.
Leia Mais