Notícias


Publicado em:
5
11/2018

Varejo poderá contratar 10,3 mil temporários para o Natal no Rio de Janeiro

Número de vagas corresponde a cerca de 15% do total de ocupações temporárias do período no País



Metatags: Varejo, Natal, Vendas, CDL Rio, Fecomércio RJ, Emprego, Vagas temporárias, Fim de ano

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio RJ) divulgou estudo segundo qual cerca de 10,3 mil contratações temporárias poderão ser abertas para o fim do ano em todo o estado, para atender à demanda no período mais forte de vendas, o Natal.

De acordo com o economista-chefe da entidade, João Gomes, o número de vagas corresponde a algo entre 10% e 15% do total de 72,7 mil ocupações temporárias estimadas pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) para os dois últimos meses do ano.

Segundo a Fecomércio RJ, cerca de três mil estabelecimentos do varejo no Estado reforçarão o quadro de funcionários com empregados temporários.

Já o Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDL Rio) projeta a contratação de 10 mil empregados para trabalhar durante as festas de fim de ano e no verão na região metropolitana fluminense, formada por 20 municípios, mais a capital do estado.

A pesquisa feita pelo Centro de Estudos do CDL Rio ouviu 500 empresas dos setores de confecções e moda infantil, calçados, joias e bijuterias, óticas, eletroeletrônicos, papelarias, móveis e brinquedos.

Do total de postos de trabalho temporários que serão criados, 60% representam o primeiro emprego. A faixa etária predominante entre os temporários oscila entre 18 e 35 anos de idade. Segundo a entidade, o Natal representa 30% do faturamento do comércio lojista do Rio de Janeiro e é considerado a principal data para o setor.

Fonte: Primeira Página


Últimas notícias

Alto custo do frete é desafio para e-commerce

Estudo de Propensão ao Consumo da SAP aponta que custo da entrega é responsável por 70% do abandono da compra no carrinho.
Leia Mais

Proteja seu e-commerce de fraudadores internacionais

Atenção a países de risco, suspeitar de endereços de IP e desconfiar de compras incomuns em larga escala estão entre as dicas.
Leia Mais

Feira calçadista na Itália gera mais de US$ 7 milhões em negócios para o Brasil

As 44 marcas verde-amarelas presentes comercializaram 431,3 mil pares de calçados. A expectativa para os próximos meses é que as negociações ultrapassem os US$ 20 milhões.
Leia Mais