Notícias


Publicado em:
8
5/2018

Calçados 3-em-1 são a grande aposta da Kidy para o Inverno

Botas e coturnos que se transformam em modelos diferentes agradam aos pequenos e aos pais



Metatags:

Versatilidade é a palavra-chave do Inverno da Kidy em 2018. Isso porque a marca deseja não só agradar ao gosto dos pequenos consumidores, mas, também, porque busca sempre facilitar o dia a dia dos pais e mães, oferecendo, desta vez, inúmeras maneiras de renovar o visual da garotada sem precisar gastar uma fortuna.

Para esta estação, a companhia apresenta uma bota 3 em 1, de cano longo, com a parte interna revestida em pelúcia, e que pode ser dobrada para virar uma bota de cano médio ou uma ankle boot. Outro hit é a bota biker, que também pode ter o cano dobrado, deixando a pelúcia à mostra com muito estil. Ambos os modelos trazem nuances de preto, marrom, nude e pérola.

O coturno com solado antiderrapante, com cano que vem com um zíper e permite destacar uma parte, transforma-se num sapato casual. Na cartela de cores, tons terrosos, verde, azul marinho e bordô.

A Kidy foi inaugurada em 1990, e tem planta industrial em Birigui (São Paulo), e filiais no Mato Grosso do Sul e Mirandópolis (SP). A marca é referência na produção de calçados inovadores e confortáveis para crianças e adolescentes, e está presente em mais de 35 países, empregando cerca de dois mil funcionários.

Fonte: Primeira Página


Últimas notícias

Alto custo do frete é desafio para e-commerce

Estudo de Propensão ao Consumo da SAP aponta que custo da entrega é responsável por 70% do abandono da compra no carrinho.
Leia Mais

Proteja seu e-commerce de fraudadores internacionais

Atenção a países de risco, suspeitar de endereços de IP e desconfiar de compras incomuns em larga escala estão entre as dicas.
Leia Mais

Feira calçadista na Itália gera mais de US$ 7 milhões em negócios para o Brasil

As 44 marcas verde-amarelas presentes comercializaram 431,3 mil pares de calçados. A expectativa para os próximos meses é que as negociações ultrapassem os US$ 20 milhões.
Leia Mais