Notícias


Publicado em:
1
8/2017

Confiança do consumidor paulistano volta a subir em julho

Segundo a FecomercioSP, queda da inflação e ciclo de corte na taxa básica de juros motivaram o aumento da confiança



Metatags:

Após quatro quedas consecutivas, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) no município de São Paulo se recuperou e avançou 4,7% em julho, ao passar de 100,1 pontos em junho para 104,8 pontos no mês atual.

Na comparação com julho de 2016, quando o indicador marcou 97,7 pontos, houve crescimento de 7,3%. A pesquisa é realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) e a escala de pontuação varia de zero (pessimismo total) a 200 (otimismo total).

Os dois quesitos que integram o indicador registraram avaliações positivas na passagem de junho para julho. O Índice das Condições Econômicas Atuais (ICEA) avançou 3,8%, ao passar de 70,8 pontos em junho para 73,5 pontos em julho. Em relação ao mesmo mês de 2016, o indicador apresentou alta de 43,3%. Já o Índice de Expectativas do Consumidor (IEC), outro componente do ICC, registrou alta de 5,1%, passando de 119,6 para 125,6 pontos em julho. No comparativo anual, porém, o índice registrou queda de 2,3%.

Segundo a assessoria econômica da FecomercioSP, as percepções médias em relação ao momento atual avançaram, assim como as expectativas para os meses seguintes, que voltaram a subir. Analisando a trajetória do índice, com elevação de 7,3% em comparação a julho de 2016, o ICC denota uma melhora baseada principalmente pela queda abrupta da inflação.

Fonte: Assessoria FecomercioSP


Últimas notícias

Vendas no varejo avançam 0,5% em setembro e 3,9% no acumulado de 12 meses

Vestuários e calçados tiveram crescimento de 1,8% no mês
Leia Mais

A importância do Visual Merchandising para as lojas

Para especialista, empresas que mais fazem sucesso são aquelas que pensam na experiência do cliente.
Leia Mais

Faturamento do comércio eletrônico paulista cresce 3,6% no segundo trimestre

Segundo pesquisa realizada pela FecomercioSP em parceria com a Ebit/Nielsen, vendas atingiram R$ 4,07 bilhões.
Leia Mais