Notícias


Publicado em:
12
7/2017

Varejo de MG tem perspectiva positiva para o segundo semestre

Impacto de três datas comemorativas deve estimular o comércio, conforme a pesquisa Expectativa de Vendas, da Fecomércio MG



Metatags:

O segundo semestre de 2017 será melhor que o primeiro para o comércio varejista. É o que estimam os empresários de Belo Horizonte que participaram da pesquisa Expectativa de Vendas, realizada pela área de Estudos Econômicos da Fecomércio MG.

Para a maioria (70,4%), haverá uma expansão dos negócios, principalmente em função de três datas comemorativas: Natal, Dia dos Pais e Dia das Crianças. Eventos como Black Friday e Cyber Monday, que vêm ganhando força e impactam muito o comércio eletrônico, também contribuem para a percepção positiva.

O presidente do Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac, Lázaro Luiz Gonzaga, observa que, tradicionalmente, os últimos seis meses do ano são mais aquecidos, com intensificação da atividade econômica e injeção de renda no mercado, devido às vagas de emprego temporário e o pagamento do 13º salário. “Nesse período, o empresariado percebe um cenário econômico melhor, especialmente no varejo, que trabalha diretamente com o consumidor. Por isso, há mais confiança em uma retomada das vendas”, ressalta.

De acordo com o economista da Federação, Guilherme Almeida, o País também teve um primeiro semestre mais favorável em termos macroeconômicos. “Houve queda da inflação e dos juros nominais, e os indicadores de emprego começaram a responder aos estímulos. Espera-se uma continuidade desse movimento nos próximos meses, além de períodos pontuais de incremento das vendas, a exemplo da celebração do Natal”, argumenta.

Conforme o estudo da entidade, 46% dos entrevistados estão otimistas/esperançosos em relação ao novo cenário; 18,6% confiam no histórico de que o segundo semestre é naturalmente melhor; e 9,1% apostam na força das datas comemorativas.

Fonte: Assessoria Fecomércio MG / Primeira Página


Últimas notícias

Vendas no varejo avançam 0,5% em setembro e 3,9% no acumulado de 12 meses

Vestuários e calçados tiveram crescimento de 1,8% no mês
Leia Mais

A importância do Visual Merchandising para as lojas

Para especialista, empresas que mais fazem sucesso são aquelas que pensam na experiência do cliente.
Leia Mais

Faturamento do comércio eletrônico paulista cresce 3,6% no segundo trimestre

Segundo pesquisa realizada pela FecomercioSP em parceria com a Ebit/Nielsen, vendas atingiram R$ 4,07 bilhões.
Leia Mais