Notícias


Publicado em:
4
7/2017

Talk Shoe enfatizou importância da sinergia com consumidor

Ciclo de palestras rápidas promovido pela Abicalçados na Francal enfatizou o papel cada vez mais importante do consumidor na construção da marca e criação de produtos.



Metatags:

Abrindo o Talk Shoe, o professor da ESPM-Sul, Diego Costa Pinto, trouxe as mais relevantes tendências em branding, que apontaram o caminho para as marcas trilharem na construção de seu conceito, posicionamento de mercado e compreensão de seu público-alvo.

Segundo ele, branding é "tudo aquilo que falam sobre a sua marca quando você sai da sala", ou seja, o que o cliente efetivamente pensa sobre ela. Outro ponto enfatizado foi a moda agênero, que é cada vez mais procurada e valorizada pelo consumidor, que está se desprendendo dos tradicionais rótulos "feminino" e "masculino".

O especialista reforçou que possuir um DNA é algo imprescindível para o futuro das labels: "as marcas não podem viver de tendências, precisam sobreviver a elas e oferecer algo mais – um conceito, originalidade, relacionamento e experiência", pois devido à imensa quantidade de informações que a sociedade tem acesso e a concorrência em constante crescimento, o tempo do consumidor está cada vez mais precioso e é preciso aproveitá-lo ao máximo para garantir que a sua experiência com a marca traga uma conexão emocional.

Dando sequência à programação, o gerente Comercial e de Marketing da Ciao Mao, Daniel Hayashi, contou a trajetória da grife e seu processo de internacionalização, que foi vencedor do Prêmio Direções 2017. Com dez anos de existência, a marca de sapatos foi criada com o intuito de desenvolver produtos customizáveis, com design original, qualidade, conforto, curadoria e cocriação, tudo isso embasado por uma rede extremamente preocupada com a sustentabilidade e com o característico mood brasileiro.

Desde o início, os produtos já foram desenvolvidos com qualidade para exportação, o que facilitou muito o processo, embora a marca tenha se dedicado a isso somente no último ano: "Fomos percebendo que a aceitação dos produtos no exterior tinha potencial através da participação em exposições, em que dividíamos espaço com renomadas marcas do mercado e ganhávamos olhares interessados e curiosos".

O processo de internacionalização exigiu muito estudo e aprendizado para a marca: "estudamos por três anos o mercado onde queríamos nos inserir e qual era a melhor forma de fazê-lo. Nos preparamos para o processo, entendendo que o branding atende toda uma rede e temos o dever de estar em conexão e sintonia com todos os pontos de contato. Então, com o apoio da Abicalçados e outras entidades, conseguimos entrar em muitos mercados do exterior por termos um negócio consistente e estruturado, capaz de atender às oportunidades".

Engaje
A regra principal para o sucesso de vendas num mercado cada vez mais concorrido e exigente foi proferida pelo primeiro palestrante do segundo dia do evento. O professor e coordenador dos Cursos de Pós-Graduação da ESPM-Sul, Artur Vasconcelos, destacou que o êxito da empresa, independente do setor, está no grau de envolvimento com o cliente, inclusive na cocriação não somente de produtos, mas em todos os processos da marca.

Segundo Vasconcelos, para gerar cocriação de valor para a marca, é preciso estar atento aos sinais do consumidor, o que só é possível por meio do diálogo contínuo – hoje mais fácil por meio das redes sociais na internet, do estímulo a criações que estejam contextualizadas e da inovação em ambientes físicos – mais informais e despojados – que ajudam nos processos de cocriação.

O especialista, por fim, frisou que no setor calçadista existe um "universo de oportunidades", pois os calçadistas ainda se limitam a cocriação apenas de produto, não envolvendo o consumidor nos demais processos de desenvolvimento das marcas.

Encerrando a edição do Talk Shoe na Francal, o diretor da Usthemp, Fabiano Bladt, contou a história da marca vencedora do mais recente Prêmio Direções na categoria Design. Produzida 100% sob demanda, a Usthemp possui um forte vínculo com o consumidor. "O nome da marca, por exemplo, partiu da expressão inglesa Your Stamp – sua marca, em português. Hoje trabalhamos com suas linhas customizáveis pelo cliente, a Illustrate e a Faça Você Mesmo, nas quais o cliente faz sua própria estampa e a aplica sobre 10 diferentes bases", disse.

A Usthemp é uma empresa de pequeno porte localizada em Lajeado, interior do Rio Grande do Sul, que vende exclusivamente por meio do site da empresa - www.usthemp.com – com um preço médio variando entre R$ 249 e R$ 359.

Fonte: Primeira Página


Últimas notícias

Cinco dicas do Sebrae para quem quer abrir um e-commerce

Plano de negócio é o primeiro passo para os interessados.
Leia Mais

Natal deve movimentar R$ 53,5 bi na economia

Dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e do Serviço de Proteção ao Crédito apontam que mais de 110 milhões de consumidores devem ir às compras e investir, em média, R$ 116 por produto.
Leia Mais

Shopper Bag é a nova opção das fashion girls

Funcional, bolsa gigante também é sinônimo de moda.
Leia Mais